VISITA DO PROVINCIAL

Coincidiu que no dia do encerramento da visita provincial tivemos nosso retiro espiritual, o qual acontece uma vez por mês, sempre nas quintas-feiras. Neste dia o Pe. Fabio Junior Batistella foi quem conduziu a tarde de meditação e reflexão. Em sua fala nos motivou a buscar um encontro consigo mesmo. Nos explicitou também, tendo como base a passagem do Bom Samaritano, que devemos ser samaritanos em nossa sociedade chagada. Não devemos ser pessoas que pregam ainda mais no madeiro aqueles que daí precisam ser retirados.

Foi uma tarde muito rica e provocante, a qual deve nos orientar nosso discipulado. O ambiente da casa de formação deve objetivar que o formando se desenvolva em sua integralidade, considerando a singularidade de cada um. Com isso, pretende-se conceber um ambiente formativo incisivo, o qual é irrigado no cultivo das dimensões de forma qualitativa, sendo abarcada a dimensão espiritual a qual nos foi proporcionado vivenciar de forma singular neste dia.

Para coroar nossa tarde, encerrando assim o momento de cultivo da espiritualidade e a visita provincial, fomos privilegiados por dois momentos. Primeiro tivemos um momento de adoração conduzido pela equipe litúrgica da semana e pelo Diác. Jairo Vieira da Silva Junior. Em seguida, tivemos a celebração da santa Eucaristia, presidida pelo provincial e copresidida pelo Pe. Salvador, reitor da comunidade do CMP.

Da homilia do Pe. Clesio, ponho em evidência alguns elementos. Um primeiro ponto que deve nos tocar é sobre a dimensão intelectual, sendo um elemento basilar para responder aos desafios acerca da vida humana que cada vez mais emergem no campo do apostolado. Devemos ter sede do saber, mas, de forma alguma, sermos arrogantes e vaidosos por tal obtenção. Para sermos verdadeiros Palotinos devemos encarnar o carisma de São Vicente Pallotti que nos apresenta a vida de Cristo como modelo.

Nossa formação deve ser um caminho que nos conduza a uma entrega total e autêntica à proposta de Jesus Cristo. O que nos fará crescer na entrega é o que nos evidencia o apóstolo Paulo na carta aos Gálatas, “Já não sou eu quem vivo, mas é Cristo que vive em mim”.

Louvemos e agradecemos a Deus pela visita provincial. Que seja luz para orientar nossos caminhos para construirmos um ambiente favorável, onde tenhamos Cristo por modelo. Que Nossa Senhora Rainha dos Apóstolos e São Vicente Pallotti interceda por nossa comunidade. E que Cristo o Apóstolo do Eterno Pai, envie mais operários para a sua messe.

Gilsimar Souza de Jesus – Postulante

 
Sobre Nós

A Sociedade do Apostolado Católico é uma comunidade internacional de padres e irmãos, fundada pelo sacerdote romano Vicente Pallotti (1795-1850). Do nome do fundador deriva o nome popular “palotinos”.

Dados para Contato